Batata Movies – Jack Reacher, Sem Retorno. Mas Voltou, Não Voltou?

Cartaz do Filme

 

Tom Cruise está de volta com “Jack Reacher, Sem Retorno”. Esse filme não foge muito do que foi o primeiro “Jack Reacher”: um filme típico de ação, com direito a muita bomba, porrada e tiro. Mas há um detalhe também não menos conhecido: ele segue a consagrada maldição de que as sequências são piores do que os primeiros filmes. Se no primeiro “Jack Reacher”, ainda houve uma trama que prendia a atenção, independente das cenas de ação, nesta sequência a trama ficou mais fraca e as cenas de ação foram a atração principal. Como resultado, é um filme somente para distrair a cabeça, onde já sabemos que o mocinho vai matar o bandido no final, e a única coisa que interessa é pelo que o mocinho e o bandido brigam.

Jack Reacher está de volta!!!

Nesta história, Jack Reacher (interpretado por Tom Cruise) vai ajudar sua amiga, a Major Susan Turner (interpretada por Cobie Smulders) a se livrar de uma acusação de espionagem e de uma tentativa de assassinato. Ainda, dois subordinados da major foram assassinados no Afeganistão. Reacher ainda foi acusado injustamente de assassinato e de ter uma suposta filha que não reconheceu, Samantha (interpretada por Danika Yarosh), que vai ser perseguida pelos vilões, dadas as suas ligações com Reacher. Aí é aquilo que já conhecemos. Reacher, Tuner e Samantha vão investigar toda a tramoia que foi criada para incriminá-los, além de ter que fugirem da perseguição de seus algozes. É claro que Reacher quebra algumas pernas e braços (quando não quebra pescoços) como sempre faz de hábito.

É uma pena que Cruise seja o único ator conhecido do filme. Se houvesse mais um medalhão, ainda haveria a graça de presenciarmos Cruise contracenando com outro ator que chamasse a atenção, mas isso não aconteceu. Sobrou apenas Cobie Smulders, que foi relativamente bem em seu papel, mas nada que empolgasse muito. Pelo menos, esse foi um filme de ação mais das antigas, onde os CGIs foram substituídos por cenas de luta bem coreografadas, já que a grande virtude de Jack Reacher é ser extremamente ágil e violento em suas surras. Só que isso não é suficiente para dizermos que o filme foi bom.

Esse trio vai ter que desvendar a tramoia contra eles e ainda fugir da perseguição mortal dos vilões. Eu já vi esse filme!!!

Dessa forma “Jack Reacher, Sem Retorno” mostra apenas o que já era esperado, sem empolgar muito e é apenas mais uma produção que Tom Cruise fez para esse personagem que ele parece gostar tanto. Só que o primeiro filme foi bem melhor. Uma pena que a continuação não tenha sido à altura. De qualquer forma, não deixe de ver o trailer abaixo.